terça-feira, 28 de julho de 2009

Carpe Diem

Carpe diem quam minimum credula postero
Tu ne quaesieris, scire nefas, quem mihi, quem tibi
finem di dederint, Leuconoe, nec Babylonios
temptaris numeros. ut melius, quidquid erit, pati.
seu pluris hiemes seu tribuit Iuppiter ultimam,
quae nunc oppositis debilitat pumicibus mare
Tyrrhenum: sapias, vina liques et spatio brevi
spem longam reseces. dum loquimur, fugerit invida
aetas: carpe diem quam minimum credula postero.

Colhe o dia, confia o mínimo no amanhã
Não pergunte, saber é proibido, o fim que os deuses
darão a mim ou a si, Leuconoe, com os adivinhos da Babilônia
não brinque. É melhor apenas lidar com o que se cruza no teu caminho
Se muitos invernos Júpiter te dará ou se este é o último,
que agora bate nas rochas da praia com as ondas do mar
Tirreno: seja sábio, beba o seu vinho e para o curto prazo
reescale as suas esperanças. Mesmo enquanto falamos, o tempo ciumento
está fugindo de nós. Colhe o dia, confia o mínimo no amanhã.

Odes" (I,, 11.8) do poeta romano Horácio (65 - 8 AC)

domingo, 5 de julho de 2009

A minha familia

Make your Stick Figure Family at FreeFlashToys.com

quinta-feira, 2 de julho de 2009

Desenganos

Anda mais de meio mundo enganado uma vida inteira em coisas tão mundanas como a colocação de supositórios. Já nem falo na sua colocação em bebés, mas na forma como os nossos pais sempre os colocaram em nós, e na forma como (com mais ou menos resistência), nós próprios já os auto-administrámos... Pois eu pergunto: sabem como colocar um supositório? Eu pensava que sabia. Mas afinal não!!!

Eu explico. Toda a vida pensei que o supositório se colocava com a parte bicuda para dentro. Isto é, em forma de míssil directinho pelo recto acima. E depois apertar as "badanas" com muita convicção para o desgramado não sair disparado... Mas afinal, estava errada!!! A forma correcta de colocar um supositório é com a parte plana para dentro. Isto porque o dito míssil afinal tem aquela forma pois é a correcta para ir mais rapidamente para dentro, anatomicamente falando, sem precisarmos de músculos rectais olímpicos a funcionar... E esta, heim? (como dizia um tão saudoso senhor de outros tempos)

Mais informações aqui. E aqui. E ainda aqui.

(as coisas que uma pessoa aprende depois de passar pela experiência da maternidade...)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Copyright @2009 Noiva com asas
Design by Templates para novo blogger